Entenda o que é depressão unipolar

3 Min de Leitura
Mulher branca com casaco rosa claro encosta em grade, como se estivesse tensa.

Muitas vezes referida como transtorno depressivo maior, a depressão unipolar é uma condição diagnosticada em pessoas de todo o mundo. Embora seja comum, ela permanece frequentemente subestimada e mal-compreendida. 

Neste artigo, você descobre o que é esse tipo de depressão, quais são os sintomas característicos, como essa condição afeta a vida de quem recebe o diagnóstico e quais são as opções disponíveis de tratamento. Confira!

O que é depressão unipolar?

O que é depressão unipolar? Trata-se de um tipo de depressão também conhecido como transtorno depressivo maior ou depressão clínica. Essa condição de saúde mental é caracterizada por desânimo, desinteresse pela vida e melancolia, sintomas que afetam significativamente a qualidade de vida por, pelo menos, duas semanas. 

Ao contrário do transtorno bipolar, no qual o indivíduo alterna entre episódios de depressão e mania ou hipomania, a depressão unipolar envolve apenas episódios depressivos.

Diferença entre depressão unipolar e bipolar

A depressão bipolar atinge milhões de indivíduos em todo o mundo, sendo caracterizada pela oscilação entre episódios de depressão e mania ou hipomania. Geralmente, ela começa a se manifestar na adolescência ou no início da fase adulta.

A principal distinção entre depressão unipolar e bipolar é que a primeira condição não tem relação com o âmbito do transtorno bipolar, ao passo que a segunda, sim. Embora os sintomas de ambas se assemelham, a comparação entre elas revela que a depressão bipolar tende a ser mais persistente, recorrente e desafiadora de tratar. 

Algumas características típicas incluem a presença de mais sintomas de ansiedade em conjunto ao quadro depressivo, assim como aumento do apetite em vez de diminuição, hipersonia, em vez de insônia, e piora ao decorrer do dia, em vez de no início.

Sintomas de depressão unipolar

Quais são os sintomas da depressão? Basicamente, os mais comuns incluem:

  • humor deprimido, persistente e intenso;
  • anedonia (perda de interesse ou prazer em atividades que costumavam ser gratificantes);
  • desânimo;
  • alterações no sono (insônia ou hipersonia);
  • mudanças no apetite e, consequentemente, no peso corporal;
  • fadiga e falta de energia;
  • dificuldade de concentração e tomada de decisões;
  • sentimentos de inutilidade, culpa e autocrítica;
  • pensamentos recorrentes de morte ou suicídio.

 

Os sintomas podem ser debilitantes e durar semanas, meses ou anos.

Como a depressão unipolar é diagnosticada?

A depressão unipolar é diagnosticada em pacientes que experimentaram, pelo menos, um episódio depressivo maior, mas não possuem histórico de mania ou hipomania. 

Um episódio depressivo maior é caracterizado por um período com duração mínima de duas semanas, no qual o paciente apresenta cinco ou mais sintomas citados acima.

Se você ou algum conhecido está passando por isso, faça o teste de depressão da Clínica Ór, relatando os sintomas depressivos para avaliar sua saúde mental. 

Quais são as causas da depressão unipolar?

Então, o que causa depressão? Muitas vezes, ela é causada por uma combinação de fatores genéticos, biológicos, psicológicos e ambientais, em vez de um único motivo isolado. Veja os principais fatores abaixo.

Predisposição genética

Pessoas com histórico familiar da doença têm maior probabilidade de desenvolvê-la. Certos genes podem influenciar a maneira como o cérebro regula o humor e responde ao estresse.

Fatores psicológicos

Questões psicológicas, como baixa autoestima, autocrítica, perfeccionismo e dificuldade em lidar com emoções negativas, podem aumentar o risco de depressão.

Eventos de vida estressantes

Eventos traumatizantes, como perda de emprego, divórcio, luto ou problemas financeiros, podem desencadear episódios depressivos em pessoas geneticamente suscetíveis.

Problemas de saúde física

Algumas condições médicas, como doenças crônicas, distúrbios da tireoide, dor crônica e condições neurológicas, estão associadas a um maior risco de depressão.

Fatores ambientais

Condições ambientais, como pobreza, exposição à violência ou aos desastres naturais, também podem desempenhar um papel ativo no desenvolvimento da depressão.

Tratamento para depressão unipolar

O tratamento da depressão unipolar segue uma abordagem multifacetada, que pode incluir uma combinação de terapia psicológica, mudanças no estilo de vida, medicamentos e outras medidas mais avançadas se for necessário. 

Basicamente, o tratamento é adaptado às necessidades individuais e pode variar dependendo da gravidade dos sintomas. Frequentemente, ele é eficaz, mas pode levar tempo. 

A adesão ao tratamento, juntamente do apoio contínuo de um profissional de saúde mental, da família e dos amigos, é fundamental para a recuperação. 

Conte com a Clínica Ór no tratamento da depressão

Se você ou algum conhecido está lutando contra a depressão, a Clínica Ór pode ajudar oferecendo apoio profissional de uma equipe especializada e planos personalizados de tratamento. 

A clínica de psiquiatria é focada em tratar pessoas que sofrem com a depressão. São utilizados desde os métodos mais simples e tradicionais de tratamento até os mais avançados, como a infusão de cetamina e a estimulação magnética transcraniana. Que tal saber mais? Acesse o site e confira! 

 

COMPARTILHE!

Clínica Ór Psiquiatria
Clínica Ór Psiquiatria

Clínica dedicada ao cuidado e tratamento de saúde mental. Oferecemos uma abordagem abrangente e personalizada para cada paciente.

Posts Relacionados

3 Min de Leitura

Clinica Or Psquiatria

16/02/2024

3 Min de Leitura

Clinica Or Psquiatria

14/02/2024

3 Min de Leitura

Clinica Or Psquiatria

09/02/2024