Transtorno de ansiedade generalizada: o que é, quais são os sintomas e as formas de tratamento

3 Min de Leitura
transtorno de ansiedade generalizada

O transtorno de ansiedade generalizada (TAG) está incluído no grupo dos distúrbios de ansiedade, junto do transtorno do pânico, da fobia social, do transtorno do estresse pós-traumático (TEPT) e do transtorno obsessivo-compulsivo (TOC).

A seguir, você vai compreender o que é TAG, quais são os sintomas dessa condição, como identificá-la e quais são as formas disponíveis de tratamento.

O que é o transtorno de ansiedade generalizada?

O que é ansiedade generalizada? Também conhecida pela sigla TAG, a condição psicológica é caracterizada por preocupação crônica e excessiva em relação a uma variedade de eventos ou atividades, mesmo quando não há uma ameaça real presente.

Pessoas com TAG tendem a se preocupar constantemente com a saúde, o trabalho, os relacionamentos, as finanças, entre outras áreas, tendo dificuldade em controlar essas preocupações. A ansiedade persistente pode causar desconforto significativo a ponto de interferir nas atividades diárias.

Além disso, sintomas físicos como palpitações, sudorese, inquietação, sensação de falta de ar e até vômito ou diarreia também fazem parte do quadro.

O transtorno é uma condição de saúde mental muito comum no mundo inteiro. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), o TAG atinge 264 milhões de pessoas, sendo que, em 25% dos casos, ele se manifesta junto de outras condições psiquiátricas, como a depressão.

Sintomas de transtorno de ansiedade generalizada

Como identificar os sintomas do TAG? Os principais, como a preocupação crônica, são acompanhados por sinais físicos e emocionais, que podem afetar significativamente a qualidade de vida. Abaixo, confira os sintomas de transtorno de ansiedade generalizada mais comuns.

1. Preocupação excessiva

A preocupação intensa e desproporcional sobre uma ampla gama de problemas ou eventos, incluindo saúde, trabalho, família, finanças, relacionamentos e outras áreas da vida, é um dos sintomas mais clássicos do TAG.

A preocupação persistente também pode ser observada em relação a sintomas físicos, muitas vezes, interpretando-os como indicadores de uma doença grave, mesmo quando não há evidência disso.

2. Inquietação

A inquietação é outro sintoma de ansiedade generalizada. Ocorre sensação de agitação constante, dificuldade em relaxar e sentimento de que algo ruim vai acontecer.

3. Fadiga

A fadiga pode ser outro sintoma do transtorno de ansiedade generalizada. Isso significa que a pessoa apresenta cansaço persistente, muitas vezes, devido à tensão constante causada pela preocupação excessiva.

4. Dificuldade de concentração

Outro sinal do transtorno de ansiedade generalizada é a dificuldade em se concentrar em tarefas cotidianas e tomar decisões, já que a mente está sempre preocupada.

5. Irritabilidade e impaciência

Pessoas com TAG também ficam facilmente irritadas ou impacientes. Trata-se de um estado emocional ocasionado por estímulos que provocam frustração e raiva. A irritabilidade faz com que a pessoa mude de comportamento habitual, tendo atitudes desagradáveis, como a rispidez.

6. Problemas de sono

Problemas do sono podem surgir em pessoas com o transtorno. Isso inclui dificuldade em adormecer, insônia ou sono interrompido durante a noite devido à ansiedade.

7. Sintomas físicos

Pessoas com TAG podem experimentar sintomas físicos, como dores de cabeça, sudorese, tremores, náuseas, palpitações cardíacas e desconforto gastrointestinal. Também é comum a tensão muscular, ou seja, o ato de contrair os músculos, especialmente nos ombros, no pescoço e na mandíbula.

8. Hipersensibilidade ao perigo

Outro sintoma característico de quem vive com transtorno de ansiedade generalizada é a percepção exagerada de perigo em situações cotidianas, mesmo quando não há ameaça real.

9. Evitação de situações ansiogênicas

Algumas pessoas com TAG podem criar o hábito de evitar situações que desencadeiam mais ansiedade, o que pode variar, mas geralmente envolve momentos de grande estresse ou traumas. Isso pode limitar as atividades diárias e a qualidade de vida.

Como tratar o transtorno de ansiedade generalizada?

Considerado um distúrbio de ansiedade crônico, o TAG requer tratamento com especialistas em transtorno de ansiedade generalizada. Geralmente, ele envolve uma combinação de terapia e medicamentos, bem como estratégias de autocuidado, como exercícios físicos, técnicas de relaxamento e gerenciamento de estresse.

Tratamentos mais avançados como a Estimulação Magnética Transcraniana também podem ser necessários quando a resposta ao tratamento convencional é insuficiente.

Se você ou algum conhecido está enfrentando sintomas de TAG, é importante procurar a ajuda de um profissional de saúde mental. Uma equipe de especialistas, como a da Clínica Ór, pode avaliar a condição e desenvolver um plano de tratamento adequado para tratar o transtorno e melhorar a qualidade de vida.

Conheça tratamentos para ansiedade com a ajuda da Clínica Ór

Se você está em busca de tratamentos para transtorno de ansiedade generalizada para si ou para familiares e amigos, saiba que a Clínica Ór pode ajudar. A clínica de psiquiatria é voltada para ajudar pacientes por meio de uma abordagem inovadora e personalizada.

COMPARTILHE!

Clínica Ór Psiquiatria
Clínica Ór Psiquiatria

Clínica dedicada ao cuidado e tratamento de saúde mental. Oferecemos uma abordagem abrangente e personalizada para cada paciente.

Posts Relacionados

3 Min de Leitura

Clinica Or Psquiatria

16/02/2024

3 Min de Leitura

Clinica Or Psquiatria

14/02/2024

3 Min de Leitura

Clinica Or Psquiatria

09/02/2024